ABRASME participa do Fórum Mundial de Direitos Humanos em Marrocos

FMDH

A ABRASME esteve presente no 2. Forum Mundial de Direitos Humanos em Marrocos, de 27 a 30 de novembro, através de seus Diretores Fabio Belloni e Leonardo Pinho e pela Stella Colonato, da Associação Inclui Mais da ABRASME SP. A segunda edição discutiu diversos temas como: acesso a justiça, economia, sociedade e cultura, saúde, mulheres, educação e juventude, migração, meio ambiente e comunicação.

Os principais temas que ganharam repercussão internacional foi a Assinatura por parte de Marrocos do Protoloco Facultativo da Convenção Contra a Tortura da ONU e a discussão sobre a abolição da Pena de Morte, a Constituição de Marrocos prevê a pena de morte. Outra temática fruto de muitos atos e discussões foi acerca do Direitos das Mulheres.

Em sua Mensagem aos Participantes do 2. Fórum Mundial de Direitos Humanos a Sua Majestade o Rei Mohamed VI afirmou: “O mundo em desenvolvimento, e a África em particular, querem ser atores da produção de normas no domínio dos direitos humanos, longe de ser reducidos a objetos de debates e apreciações e sim como campo de experimentação”.

Durante o 2. Fórum Mundial de Direitos Humanos diversos atos ocorreram denunciando diversas violações de Direitos Humanos, entre eles casos de Tortura, de retirada de direitos das Mulheres (como expropriação de terras) e de muitos casos de comunidades que simplesmente são esquecidas por parte do Governo Marroquino.

A organização internacional Human Rights Watch expressou preocupação com a interferência do Marrocos nas atividades de grupos de direitos humanos locais e internacionais que atuam no país. De acordo com a entidade, as autoridades locais impediram reuniões que a Associação Marroquina de Direitos Humanos tentou realizar em todo o país desde julho. A organização também acusa as autoridades de negar espaços para eventos planejados pela Liga Marroquina de Direitos Humanos e a Anistia Internacional, entre outras. Os problemas teriam começado após o ministro do Interior marroquino, Mohammed Hassad, acusar organizações de direitos humanos de fazer acusações falsas sobre abusos de direitos pelas forças de segurança do país.

A Ministra Ideli afirmou que apesar de todas esses atos e manifestações: “Quando o Marrocos se coloca na perspectiva de sediar um evento mundial para tratar de direitos humanos, não tenho dúvida de que isso significa um grande passo. Em primeiro lugar, porque ninguém pode sediar um evento dessa magnitude sem reconhecer que tem problemas”

Durante uma atividade organizada pela Secretaria de Direitos Humanos, FLACSO e Movimento de Direitos Humanos do Brasil um representante da UNESCO interferiu de forma autoritária e tentou impor uma Carta de Marrocos sem haver nenhum tipo de discussão, nesse momento, o Diretor da ABRASME, Fabio Belloni pediu a palavra e denunciou a atitude antidemicrática e chamou a Delegação Brasileira composta de diversos movimentos sociais a se retirar e não deixar que essa manobra se consolidasse.

A ABRASME em momento de avaliação com diversos movimentos sociais afirmou a importância das trocas realizadas durante o 2. Fórum Mundial de Direitos Humanos, a assinatura de protocolos internacionais e a realização do mesmo em Marrocos, mas registrou, que as atividades brasileiras tiveram baixo protagonismo dos movimentos sociais, em especial, nas mesas. Nesse sentido, chamou a todos os movimentos que no próximo Fórum que se realizará na Argentina em 2016 tenhamos uma preparação maior e que as revindicações dos movimentos sociais tenham mais espaços e visibilidades.

10481635_751743908213959_2668315020744950633_o (1)

Leia a Matéria sobre o 2. Fórum Mundial de Direitos Humanos na página da CUT – http://www.cut.org.br/noticias/marrocos-sedia-forum-mundial-de-direitos-humanos-328f/

Matéria EBC: http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2014-11/forum-mundial-de-direitos-humanos-no-marrocos-comeca-sob-polemicas

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s